DESCUBRA SEGREDOS E SACADAS MATADORAS

Inbound Marketing x Marketing de Conteúdo – Quais as Diferenças?

Cada vez mais esses dois conceitos importantes do marketing digital estão ficando mais conhecidos. Neste artigo vamos falar sobre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo, será que ambos são a mesma coisa ou podemos destacar aspectos diferentes entre os dois assuntos?

É inegável que essas duas tendências vieram pra ficar e muitas empresas já estão conseguindo excelentes resultados dia após dia.

Por outro lado, muitas pessoas ainda confundem os dois assuntos, pois muita gente acha que ambos querem dizer a mesma coisa e tem funções e práticas completamente similares.

Mas será mesmo que elas estão corretas?

Marketing de Conteúdo: Inbound Marketing x Marketing de Conteúdo
Inbound Marketing x Marketing de Conteúdo

Quando eu estava iniciando o curso de Publicidade e Propaganda, sempre me vinha à cabeça que publicidade e marketing eram quase a mesma coisa. Claro que ambas as competências são muito semelhantes em diversos aspectos, mas até eu descobrir que eram diferentes e complementares, levou algum tempo.

Confesso que, desde quando surgiu esses dois temas Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo, alguns debates já foram promovidos por mim e algumas polêmicas já foram geradas. Queria inclusive indicar o livro Receita Previsível do autor Aaron Ross para que você comece a entender melhor esses temas e possa assim alavancar suas vendas.

Quero que você saiba de uma vez por todas que Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo são diferentes.

Inbound Marketing é a união de várias estratégias que tem como objetivo atrair os clientes de forma espontânea e mais humanizada possível.

Já o Marketing de Conteúdo é como se fosse a publicidade do marketing, entende? Uma ferramenta do Inbound Marketing. É uma estratégia mais restrita que tem como objetivo estabelecer um canal de comunicação mais próximo entre marca e público.

E-BOOK GRÁTIS! 5 Dicas Para Triplicar Suas Vendas na Internet

Eu sei que esta parte é um pouco confusa, mas estou aqui para te ajudar a entender a fundo os conceitos e aplicar hoje mesmo em seu negócio.

Mais adiante, você terá maior clareza sobre esses dois temas. Continue comigo e vamos em frente!

# Como Funciona o Inbound Marketing na Prática?

Como já falamos o Inbound Marketing nada mais é que o marketing de atração. O próprio nome já nos dá uma idéia do que essa estratégia busca como principal objetivo.

Lembra do velho marketing chamado como marketing tradicional que tinha como objetivo forçar as pessoas a comprarem seus produtos? Então, o Inbound Marketing é o oposto disso, pois busca antes de vender, ajudar e educar as pessoas sobre determinado mercado proporcionando assim uma consciência maior por parte do comprador.

Imagino que você deve estar pensando que no Inbound não acontece a venda, certo? Errado!

Marketing de Conteúdo: Inbound Marketing
Inbound Marketing

Na verdade esse processo de educação e conscientização por parte da marca faz parte de um processo que tem como objetivo final a venda. Mas não simplesmente a venda pela venda, aquela que o consumidor compra e nunca mais aparece. Pelo contrário, a busca neste caso é pela fidelização e sucesso do cliente.

Segundo pesquisas, o Inbound Marketing gera 54% mais leads que o Marketing Tradicional ou pelo também chamado Outbound Marketing.

Podemos dizer que o Inbound Marketing tem 5 etapas primordiais

1)Atrair

Esta é uma fase muito importante para geração de valor no processo de Inbound Marketing. Sem visitantes no site é impossível gerar leads (pessoas que demonstraram algum tipo de interesse em seu negócio).

É incrível ver ainda milhares de empresas gastando uma energia desnecessária em buscar clientes que poderiam ter algum interesse em seu negócio. Você já ouviu falar no marketing de esperança? Por incrível que pareça muitas empresas ainda investem neste tipo de ação para conquistarem clientes. Colocam um anúncio no rádio, jornal, etc e esperam que seus clientes apareçam prontos para comprar.

2)Conversão

Nesta fase da metodologia Inbound existem dois tipos de ofertas: ofertas diretas e indiretas.

Ofertas Diretas: são aquelas que estão diretamente ligadas ao fundo do funil como orçamentos , testes gratuito, demonstrações de produtos entre outros.

Ofertas Indiretas: são aquelas  que estão mais ligadas ao topo e meio do funil como e-books, webinars, ferramentas, etc.

Recomenda-se sempre que necessário implementar testes e experimentos nas páginas de conversão com o objetivo de otimizá-las e mensurar qual tipo de estratégia está funcionando melhor a partir destas páginas.

3)Relacionamento

Muito diferente do Marketing Tradicional, no Inbound a conversão não está 100% atrelada a vendas. A conversão neste caso pode ser uma inscrição em uma lista de e-mails por exemplo. Tudo vai depender da estratégia que na maioria das vezes é baseada em conteúdo relevante para cada etapa da jornada de compra.

4)Vendas

Nesta etapa, costuma-se dividir em dois eixos principais: perfil e interesse. O eixo perfil procura identificar o potencial do lead em se tornar cliente, já o eixo interesse tem como objetivo interpretar o comportamento do usuário.

Com essas informações, fica mais fácil do time de vendas entender quais são as principais oportunidades de vendas e trabalhá-las de uma maneira mais inteligente e assertiva.

5)Análise

Na última etapa, é possível monitorar cada ação que ocorre do seu público com o seu site, com suas mídias sociais, etc. Isso é extremamente importante pois otimizar todo o processo evita gastos desnecessários e desperdícios.

No momento econômico que estamos vivendo evitar essa perda de tempo é fundamental para que a empresa cresça de forma saudável e sustentável.

Existem diversas ferramentas para você mensurar e monitorar seus resultados como: Google Analytics, RD Station , entre outras.

Para aplicar as técnicas relacionadas à todas estas etapas é fundamental que você conheça a sua persona, mapeie sua jornada e ofereça conteúdo de extremo valor para cada etapa da jornada de compra com objetivo de matar objeções e valorizar seu produto.

# Como Funciona o Marketing de Conteúdo na Prática?

Agora que você domina o Inbound Marketing, você já deve ter uma noção de como funciona o Marketing de Conteúdo, não é mesmo.

O Marketing de Conteúdo segue as mesmas premissas do Inbound Marketing, mas o objetivo principal é fazer com que as pessoas se engajem com o conteúdo e se aproximem cada vez mais da marca por meio de um diálogo.

Segundo pesquisas as pessoas querem se envolver com as marcas e deixarem de ser coadjuvante, pelo contrário querem ser protagonistas. Querem conteúdos de extremo valor, participar, se engajar, compartilhar e se sentir parte da organização.

Marketing de Conteúdo: Marketing de Conteúdo
Marketing de Conteúdo

Como já dissemos, o Marketing de Conteúdo tem papel fundamental em ajudar as pessoas a tomarem decisões mais embasadas e seguras e não simplesmente empurrar algo para elas comprarem. É algo baseado na confiança, por isso os conteúdos precisam ter enorme valor, serem úteis, interessantes e principalmente que ajudem as pessoas a resolvem problemas.

Assim como no Inbound Marketing, entender a jornada de compra de seu consumidor é essencial, pois o início da jornada comum a todos é pela busca de informações. Então quando o cliente está interessado em um assunto que o seu produto resolve, fica mais fácil matar as objeções deste cliente nas etapas da jornada de compra e por fim oferecer seu produto.

As chances de vender várias vezes para este mesmo cliente são enormes, visto que ele está mais bem informado sobre seu negócio. Grave isso, consumidor bem informado é consumidor comprador.

Além disso, o Marketing de Conteúdo ajuda você ser encontrado com maior facilidade na internet, uma vez que você  posicionará seus canais nos buscadores por meio dele. A maneira mais fácil de você encontrar seu cliente é ser encontrado por ele.

Por fim, outra grande vantagem do Marketing de Conteúdo é que você poderá usar vários formatos para oferecer para sua audiência. Muita gente pensa nesta hora somente no e-book, mas esquecem que podem fazer PDFs, planilhas, infográficos, vídeos, webinários, cursos em vídeo aulas, etc.

E-BOOK GRÁTIS! 5 Dicas Para Triplicar Suas Vendas na Internet

Para concluir, sim o Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo são complementares, é como se o Marketing de Conteúdo fosse uma ferramenta fundamental do Inbound Marketing. Recomendo que você utilize as duas juntas de maneira adequada para fazer com que seu negócio tenha resultados extraordinários.

Por hoje é isso! Espero que este conteúdo tenha sido esclarecedor pra você e que realmente você possa aplicar em seu negócio.

Ficou alguma dúvida? Venha conversar comigo nos canais de contato aqui no Expert do Marketing, você é muito bem vindo.

Te desejo muito sucesso e a gente se vê por ai!

Grande Abraço!

 

Quer Gerar Mais Vendas Pela Internet?

O que pretendo mostrar pra você é a inteligência e a estratégia por trás da execução. A grande dica de sucesso em vendas na internet é descobrir como você pode alavancar seu negócio com baixo investimento e como atrair uma audiência altamente qualificada para seu site

Marcelo Bastos © Todos os Direitos Reservados - 2016 | Desenvolvido por Blueberry - Soluções Digitais